Entrevista de São Belo, candidata da CDU pelo círculo da Europa, ao Portugal Post.

1. Divulgados que estão os nomes dos candidatos pela Comunidades, quais as propostas políticas que o PCP vai apresentar para convencer o eleitorado?

São Belo – A primeira grande proposta que fazemos ao eleitorado, ao povo português e às comunidades é pôr fim em Portugal a uma política que à semelhança da que vem sendo seguida na União Europeia, tem dado tanta força aos grandes capitalistas e banqueiros e tem retirado tantos direitos aos trabalhadores e às comunidades portuguesas. Não há dinheiro para se manter os consulados nem para se reforçar a rede de ensino mas para os especuladores e exploradores o dinheiro do Estado nunca se acaba. Sócrates demonstrou que um primeiro ministro do PS a malhar nos trabalhadores não fica atrás da direita.

 2. Que resultado espera para a CDU na Alemanha e que tipo de campanha vai fazer para falar com as pessoas?

 São Belo – Mesmo tendo em conta que muitas pessoas que gostariam de votar contra a política deste  Governo não estão inscritas, estamos confiantes que a CDU no círculo da Europa vai obter um bom resultado, o que já aconteceu nas últimas eleições europeias onde por exemplo, pela primeira vez na Alemanha, a CDU ganhou a área consular de Dusseldorf , obtendo mais votos do que o PS e o PSD juntos.

 3. Se for eleita, em que domínios é que vai centrar o seu trabalho no Parlamento?

São Belo – É muito importante que as comunidades sintam que os deputados pela emigração actuam na defesa dos seus direitos. A actual maioria absoluta de deputados do PS acabou com a Subcomissão das Comunidades Portuguesas na Assembleia da República. Criou legislação que conduziu praticamente à paralisação do Conselho das Comunidades Portuguesas.  Transferiu para os cônsules poderes de nomeação dos representantes das comunidades nas comissões consulares. Isto demonstra bem o medo que o PS tem da democracia. A actual deputada do PS é conhecida pela deputada virtual como os consulados que o seu governo preconiza, ou seja invisível. Há imenso trabalho a fazer no campo do apoio social, do ensino, do estímulo aos ranchos folclóricos, ao movimento associativo e às suas federações. A força política com maior capacidade moral, sentido patriótico e provas dadas na defesa das comunidades é a CDU.

4. Já identificou os problemas com que a Comunidade na Alemanha se debate?

 São Belo – Como verifiquei ao visitar a Alemanha durante a campanha para as eleições europeias de Junho passado, os problemas da comunidade portuguesa aqui não são muito diferentes das dificuldades das comunidades de outros países da Europa. A exemplo do que aconteceu na França e noutros lados, a Alemanha já perdeu num curto espaço de tempo dois consulados-gerais. É significativo que para mudar o nome ao escritório consular de Osnabrück o PS tenha demorado quatro anos e só o tenha feito debaixo de grande pressão à beira das eleições. Mas o ensino do português como língua materna é outra das preocupações maiores. Sem portugueses a falar português não teremos comunidades portuguesas dignas desse nome. Na Alemanha foram necessárias pelo menos três manifestações, em Dusseldorf, Frankfurt e Stuttgart, para obrigar este Governo a respeitar o direito dos nossos filhos ao ensino. Um direito que continua em perigo. Há muito para fazer. É por isso que é necessário levar a luta até ao voto, votando na CDU.

Anúncios
por Blogue da Emigração Publicado em Política

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s