Botas de lã?

Braga, 10 mar (lusa) 

A União de Sindicatos de Braga considera “inadmissível” que a Autoridade para as Condições de Trabalho tenha detetado, esta semana, casos de empresas do distrito que recorrem ao trabalho infantil. “Não se admite que, depois de nos anos 80 termos denunciado um acentuar muito grande do trabalho infantil no distrito, a própria inspeção de trabalho continue a detetar e a punir empresas que recorrem a mão de obra infantil, como aconteceu no início desta semana“, afirmou o líder da estrutura, Adão Mendes, em declarações à Lusa.

A União de Sindicatos de Braga (USB) está a realizar, até sexta feira, uma semana de luta contra a precariedade e desemprego. A iniciativa culmina no dia 12, com uma concentração/manifestação em Braga. O sindicalista lamenta, também, que haja “empresas que continuam sem pagar salários e a rescindir contratos sem que estejam subjacentes dificuldades visíveis” e que “os níveis salariais continuem extremamente baixos“. “Com esta ação queremos denunciar que há empresas que recorrem a formas e métodos completamente inaceitáveis para tentar acentuar a exploração dos trabalhadores visando apenas e só o lucro em detrimento do prejuízo dos próprios trabalhadores e do desenvolvimento sustentado da região“, afirmou. O dirigente sindical estima, de resto, que o número de desempregados possa atingir os 60 mil ainda este ano, sustentando que o Governo “tarda em lançar medidas” de apoio ao setores industriais minhotos. O responsável da União revelou ainda que está a ser preparada, para a segunda quinzena de maio e a primeira semana de junho “uma grande manifestação distrital e nacional de luta pelos direitos da contratação coletiva, do combate ao desemprego e pela mobilização da sociedade“.

LM.

Lusa/fim

Anúncios

5 comentários a “Botas de lã?

  1. Deve ser, na óptica deste governo, uma medida de combate ao desemprego. Aliada, aliás à medida de alargamento da idade de reforma!São capazes de, publicamente, afirmar que o melhor do mundo são as crianças. Sim, mas as deles! Vamos à luta por uma sociedade digna.

  2. Mas quando acaba a pouca vergonha???
    Inadmissível.De todas as notícias que tenho ouvido ultimamente, sobre corrupção, escutas, fraudes,etc.,etc,, de que vice e se alimenta a classe política do meu país, esta notícia era a que menos esperava. Depois da tanta luta…
    Até quando vamos ficar de braços cruzados??? Até quando vamos viver num país adiado para quem trabalha?? Até quando vamos consentir que “eles comem tudo e não deixam nada…”???

  3. Mas as crianças, Senhor…???
    Os agentes do sistema capitalista nao têm quaisquer escrúpulos e exploram também crianças. Na Índia, no Paquistão e noutros países, os bebés, quando aprendem a andar, aprendem logo a trabalhar (pura verdade!, ninguém pense que isto é história da carochinha). Em Portugal, nao andamos longe desse nível, podem até ser maiorzitos, terem sete ou oito ou nove aninhos, mas começam cedo a ser explorados por capitalistas sedentos de lucro, esclavagistas, que recebem exemplos dos partidos que têm sido poder (PS, PSD, CDS) e aprovaram o “novo” (velhíssimo) Código laboral, autêntica regressão aos séculos passados.
    Precisamos de começar a mentalizar-nos de que outro 25 de Abril é absolutamente necessário para acabar de vez com esta pouca vergonha.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s