PSP impede pintura de murais, atropela a lei e utiliza métodos repressivos fascistas.

 Na passada sexta-feira, vários militantes da JCP viram, mais uma vez, ser impedida a pintura de um mural junto à Rotunda das Olaias, em Lisboa, tendo sido identificadas duas pessoas e apreendido o material usado, alegando constituir crime público.

A pintura do mural, com a inscrição «Vem para a luta, por uma escola pública e democrática – JCP com os estudantes na luta por melhores condições materiais e humanas na António Arroio», já tinha sido impedida dois dias antes, chegando mesmo os agentes da PSP a deterem e insultarem os jovens comunistas, obrigando-os a despirem-se, retendo-os durante várias horas na esquadra.

«A pintura de murais em local público está prevista na Lei 97/88 de 17 de Agosto e no Parecer do Tribunal Constitucional sobre essa mesma lei, legitimando o seu exercício e condenando o seu impedimento», refere, em nota de imprensa, a JCP, que vai continuar «a fazer uso deste meio de Propaganda Política e a defender esse direito exercendo-o».

No “Avante!”

Anúncios
por Blogue da Emigração Publicado em Sem categoria

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s