Sindicatos romenos concertam acção

As cinco grandes confederações sindicais da Roménia tinham convocado para ontem, quarta-feira, 27, uma concentração junto à sede governamental do governo seguida de manifestação para o parlamento em Bucareste, onde foi debatida uma moção de censura ao governo de Emil Boc.

Apesar de o protesto não ter sido autorizado, os promotores esperavam a participação de 80 mil pessoas. A uma só voz, os sindicatos apelaram aos desempregados, estudantes, pensionistas e em geral a todos os trabalhadores a manifestarem o seu descontentamento nas ruas.

Em causa está a redução de 25 por cento, em média, dos salários no sector público, o congelamento das pensões, o aumento da idade de reforma, os cortes a eito nas despesas sociais e os despedimentos em massa na Administração Pública.

Os trabalhadores estão ainda confrontados com um projecto de revisão da legislação laboral que pretende levar a «flexibilização» do emprego a limites inauditos. Segundo declarou ao L’Humanité (24.10, edição digital em espanhol), o presidente da confederação sindical Cartel Alfa, Bogdan Iuliu Hossu, o projecto prevê o livre despedimento e até a possibilidade de o salário variar de um mês ao outro por mera decisão do empresário.

“Avante!”

Anúncios
por Blogue da Emigração Publicado em Sem categoria

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s