Wall Street quer titularizar a morte

Segundo um artigo aparecido no New York Times , os bancos de investimento preparam-se para lançar novos produtos financeiros exóticos. Vocês gostaram dos subprimes? Então agora vão adorar os lifeprimes!

A ideia destes génios financeiros é comprar life settlements, isto é comprar as apólices de seguros de vida das pessoas idosas e doentes. Elas ficarão bem contentes, em função da sua esperança de vida, de as vender por um punhado de dólares a fim de pagar os seus cuidados de saúde! Por exemplo, as apólices com um valor de um milhão de dólares poderiam ser vendidas por 400 mil dólares.

A seguir, tal como os valorosos subprimes, titularizam-se estas apólices reagrupando-as em pacotes de centenas ou de milhares. Os bancos revenderão então estes títulos a investidores que receberão o usufruto dos seguros de vida quando as pessoas morrerem.

A lógica informa-nos que a margem de lucro aumenta em função da baixa da idade do morto detentor do seguro de vida. Há todo o interesse em garantir que este último não viva muito mais do que o esperado, senão o investidor veria os seus lucros baixarem e perderia o seu investimento.

Para a Wall Street, é o jogo do ganha-ganha pois os bancos encaixariam uma margem sumarenta pela emissão, depois pela venda e finalmente pelo comércio dos títulos.

Há já nove propostas para titularizar apólices de seguros de vida. Elas vêem de investidores privados e de sociedades financeiras, como por exemplo o Crédit Suisse. O mercado de seguros de vida representa mais de US$26 milhões de milhões, não é nada mau!

O Crédit Suisse já comprou uma sociedade especializada na revenda das apólices de seguros de vida e acaba de criar um pólo financeiro encarregado de estruturar o mercado. O banco de investimento nova-iorquino Goldman Sachs , que nunca fica atrás quando se trata de esquecer a moral, acaba de elaborar um índex sobre a esperança de vida das diferentes categorias de pessoas a fim de permitir aos banqueiros que apostem no número certo.

O único risco dos investidores é de as pessoas viverem mais tempo que o previsto. Mas, se a reforma da saúde de Obama for adoptada, com o racionamento dos cuidados de saúde e a via da prevista eutanásia, este risco torna-se próximo do zero.

Estes pequenos génios das finanças devem rir quando o secretário americano do Tesouro, Tim Geithner , um ex-Goldman Sachs, levanta a sua voz para afirmar que “está fora de causa que a indústria financeira retorne às práticas anteriores ao crash. Isso não pode acontecer e simplesmente não acontecerá. Haverá uma mudança fundamental. A falha decisiva que levou a esta crise consistia em tolerar um efeito de alavancagem enorme, em termos de risco, através de todos os bancos do mundo e nos organismos financeiro que funcionam como bancos”.

08/Setembro/2009

  • Ver também Investors Recruit Terminally Ill to Outwit Insurers on Annuities

    O original encontra-se em http://www.solidariteetprogres.org/article5784.html

  • Este artigo encontra-se em http://resistir.info/ 

     

    Anúncios
    por Blogue da Emigração Publicado em 1

    Medicamentos?

    O grão-de-bico é um alimento mais rico do que o feijão em muitos aspectos. Entre 20 e 30% de sua constituição é pura proteína. Possui muitas fibras, zinco, potássio, ferro, cálcio e magnésio. Se for consumido todos os dias, faz ganhar massa muscular, aumenta o bom humor, reduz o nível de colesterol ruim e regula o intestino.

    Mas sua qualidade mais famosa é de gerar felicidade: possui mais triptofano do que o feijão, o mesmo aminoácido essencial que faz do chocolate essa bela fonte de bem-estar e redução do estresse.
    “Em seres humanos metabolicamente normais, o aumento do consumo do grão-de-bico tem como conseqüência uma maior produção da serotonina”, destacam Leonardo S. Boiteux e Maria Esther de Noronha Fonseca, do Laboratório de Melhoramento Genético & Análise Genômica do Centro Nacional de Pesquisa de Hortaliças (CNPH) da Embrapa Hortaliças, em Brasília.

    Por ter ômega 3 e 6, é indicado para prevenir doenças cardiovasculares. E quem tem diabetes ou está lutando contra a obesidade também pode se beneficiar da leguminosa.

    “Tem carboidratos complexos, ou seja, possuem uma metabolização lenta no organismo. Por também ser rico em fibras, proporciona sensação de saciedade e a pessoa só vai sentir fome bem mais tarde”, explica a nutricionista baiana Solange Carvalho.

    Os pesquisadores da Embrapa Hortaliças destacam que as sementes do grão-de-bico também acumulam mais fitoestrogênios do que as do feijão – substâncias que têm ação preventiva na osteoporose e de problemas cardiovasculares. Os fitoestrogênios também são usados na reposição hormonal após a menopausa.

    Comam grão de bico à fartazana……

    Sidónio Candeias
    por Blogue da Emigração Publicado em 1

    Reforçar o Partido

    A Direcção da Organização Regional de Setúbal do PCP (DORS) aprovou, na sua reunião de dia 23, os objectivos para o reforço do Partido em 2010, dando seguimento às decisões definidas pelo Comité Central em Novembro do ano passado.
    Decidida ficou a realização, durante o primeiro semestre, das assembleias das organizações de base do Partido, estando já agendadas 31. Foi também lançada uma campanha de recrutamento de mais 285 militantes, a organizar nas células e sectores de empresas.
    Ao nível da responsabilização de quadros – outro dos grandes objectivos definidos pelo CC para 2010 – a DORS estabeleceu o objectivo de responsabilizar 130 novos quadros por tarefas, medida a ser acompanhada por acções de formação política e ideológica. A promoção e divulgação do Avante! e de O Militante é outra das prioridades dos comunistas da Península de Setúbal.
    Marcadas ficaram já várias iniciativas, entre as quais se destaca um conjunto de acções e debates com que o PCP pretende assinalar o centenário da Revolução Republicana de 5 de Outubro de 1910, cujo lançamento será em Almada no dia 27 de Fevereiro; a realização na região das jornadas parlamentares dos eleitos do PCP no Parlamento Europeu, a 18 e 19 de Fevereiro; o largo conjunto de iniciativas em torno do 89.º aniversário do PCP; as comemorações do centenário do Dia Internacional da Mulher, a 8 de Março, com a realização de iniciativas em todos os concelhos; a valorização do papel das nacionalizações de sectores estratégicos da economia na região para o desenvolvimento e a produção nacional; a realização no final do ano de um encontro regional de balanço do primeiro ano do mandato autárquico 2009-2013; ou as acções contra a realização em Portugal, no final do ano, da Cimeira da NATO.

    Avante!

    Nº 1888

    por Blogue da Emigração Publicado em 1